Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

PALESTRA “LEONARDO IMPERFEITO” NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – DIA 30 DE MAIO ÀS 19HS

Data:

27/05/2019


PALESTRA “LEONARDO IMPERFEITO” NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – DIA 30 DE MAIO ÀS 19HS

Por ocasião do 500º aniversário da morte de Leonardo da Vinci, o Ministério das Relações Exteriores da Itália realiza mais de 150 iniciativas no mundo, incluindo exposições, conferências, exibições de filmes e apresentações teatrais, para celebrar o grande gênio da Renascença. Engenheiro, pintor, cientista e talento universal, Leonardo deixou um conjunto infinito de obras instigantes e emocionantes a serem estudadas e admiradas e que o Ministério das Relações Exteriores pretende celebrar com um calendário muito rico.

A Embaixada da Itália em Brasília adere ativamente à iniciativa promovendo uma série de eventos para comemorar o ANO de LEONARDO.

Na quinta-feira, dia 30 de maio, às 19h00, o Auditório do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT) da Universidade de Brasília hospedará a palestra do Professor Biagio D’Angelo, do Instituto de Artes da UnB, intitulada "Leonardo imperfeito".

O eclético Leonardo da Vinci é considerado um dos maiores gênios da humanidade. O autor da pintura mais famosa do mundo e precursor de inúmeras invenções modernas continua sendo um dos personagens mais enigmáticos da história. Leonardo foi, em primeiro lugar, um pesquisador insaciável em busca de soluções engenhosas e inesperadas para os problemas com que se deparava. Soluções tão diferentes e inovadoras em relação a tudo o que existia naquela época que, às vezes, os projetos seriam realizáveis e realizados só muitos anos após a sua morte.

Mas era justamente sua curiosidade insaciável que, muitas vezes, o levava a deixar um projeto incompleto para poder se dedicar a um novo. Leonardo gestou uma infinidade de ideias que muitas vezes nasceram e morreram sem ser desenvolvidas. Giorgio Vasari, em sua biografia sobre Leonardo, afirmava que “ele nunca conseguia acabar nada. Por meio de uma análise dos trabalhos artísticos realizados por Leonardo, destacaremos este aspecto do artista Da Vinci, um gênio cuja intuição sem limites elevou-se até alturas inacreditáveis”.

Biagio D’Angelo é professor de Teoria, Crítica e História da Arte na Universidade de Brasília. Realizou um Pós-Doutorado Sênior na Universidade Paris Saint-Denis sob a supervisão de François Soulages (2017-2018). Foi Professor de Literatura Comparada em várias
universidades internacionais (Hungria, Peru, Bélgica, Rússia). Foi Presidente do Comitê Internacional de Estudos Latino-americanos (2007-2010) da AILC/ICLA (Associação Internacional de Literatura Comparada). Formado em línguas e literaturas orientais, com ênfase na área de arte e cultura russa, pela Universidade de Veneza Ca' Foscari, entre seus campos de interesse: linguagens e hibridismos na literatura e nas artes visuais; relações entre visualidades e textualidades; estética do objeto; natureza-morta; Proust e as artes visuais. Dentro das suas publicações acadêmicas, destacam-se ensaios sobre autores latino-americanos, sobre as relações entre cultura e visualidade, sobre os mitos nas literaturas americanas. Publicou também três livros de poesias. Entre suas publicações mais recentes: "Espaces. Topographies et imaginaires. Écrits parisiens 2017-2018, 1" (Paris: L'Harmattan, 2018); "Espace-Temps. Proust et les créations contemporaines. Écrits parisiens 2017-2018, 3" (Paris: L'Harmattan, 2018). O livro "Benjamin. Poema com desenhos e músicas" (São Paulo: Melhoramentos, 2011) ganhou o Prêmio Jabuti 2012 no âmbito da Literatura Infanto-juvenil e faz
parte do Acervo Básico 2012 da FNLIJ (Fundação Nacional de Literatura Infantil e Juvenil).

 

SERVIÇO:

DATA: 30 de maio de 2019

HORÁRIO: 19h00

LOCAL: Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico - CDT/UnB, Campus Universitário Darcy Ribeiro - Edifício CDT – Brasília

Localizador do local do evento: http://www.cdt.unb.br/cdt/unidades/?menu-topo=encontre-o-cdt&menu-action=encontre-o-cdt

 

A ENTRADA é LIVRE e GRATUITA, sujeita à lotação da sala


1068