Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

SIMPÓSIO INTERNACIONAL “O MUSEU COMO LABORATÓRIO: ENTRE MEMÓRIA, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO”: 19 DE JUNHO, INSTITUTO ITALIANO DE CULTURA NO RIO DE JANEIRO

Data:

12/06/2019


SIMPÓSIO INTERNACIONAL “O MUSEU COMO LABORATÓRIO: ENTRE MEMÓRIA, SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO”: 19 DE JUNHO, INSTITUTO ITALIANO DE CULTURA NO RIO DE JANEIRO

O Instituto Italiano de Cultura, a Embaixada da Itália em Brasília e o Consulado Geral da Itália no Rio de Janeiro, em colaboração com o Ministério dos Bens e das Atividades Culturais da Itália, apresentam um simpósio internacional sobre a gestão do patrimônio cultural – material e imaterial – e sua preservação, valorização e promoção em um contexto caraterizado por uma rápida evolução e por uma redefinição necessária do papel do museu, que cada vez mais pode se tornar um laboratório em que se individuam, se aprofundam e se solucionam problemas relevantes, não só no nível artístico e cultural, mas também no nível social.

Ademais, a iniciativa constitui uma importante ocasião de reflexão após o trágico incêndio que destruiu o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro.

A Itália e o Brasil no signo de uma nova colaboração, se unem um esforço conjunto para preencher o vazio deixado pela tragédia. A Itália poderá disponibilizar parte de seu patrimônio histórico e artístico, e suas excelências na restauração, para que a coleção do Museu Nacional seja reconstituída.

O simpósio será articulado em duas sessões. A sessão de manhã será dedicada a explorar o papel do museu e do parque arqueológico como espaço de dialética e articulação entre instâncias complexas, qual seja, memória, sustentabilidade e inovação.

A sessão de tarde será dedicada à ilustração de práticas museológicas virtuosas e ao tema da inovação cientifica e tecnológica a serviço de museus e parques arqueológicos. Nessa última sessão, entre outros, representantes do Grupo Leonardo e da Fundação Bracco ilustrarão projetos inovadores para o monitoramento e a segurança do patrimônio artístico-cultural.

Entre os convidados italianos teremos a participação do Diretor do Parco Archeologico di Ercolano, Francesco Sirano e o Diretor do Museo Archeologico di Napoli, Paolo Giulierini.

Entre os brasileiros contaremos com a participação de: Alexander Kellner, Diretor do Museu Nacional do Rio de Janeiro; Paulo Knauss, Diretor do Museu Histórico Nacional; Luis Alberto Oliveira, Curador do Museu do Amanhã; Mônica Xexéo, Diretora do Museu de Belas Artes, Evandro Salles, Curador Museu de Arte do Rio.

Inscrições através da plataforma:

http://italianorio.com.br/simposio-internacional/

 

Realização:

Ambasciata d'Italia a Brasilia

Consolato Generale d'Italia a Rio de Janeiro

Istituto Italiano di Cultura di Rio de Janeiro

MIBAC - Ministero per i Beni e le Attività
Culturali

 

Patrocínio:

Gruppo Leonardo

Fondazione Bracco

 

Colaboração:

Museo Archeologico Nazionale di Napoli

Parco Archeologico di Ercolano

Museo delle Civiltà

 

Apoio:

Museu Histórico Nacional

Museu Nacional de Belas Artes

Sistema Brasileiro de Museus

IBRAM - Instituto Brasileiro de Museus

Ministério da Cidadania

Museu Nacional

Museu do Amanhã

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de Rio de Janeiro

Governo do Estado do Rio de Janeiro

Museu de Arte do Rio

Secretaria Municipal de Cultura de Rio de Janeiro

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Departamento de Artes e Design da PUC-Rio

NEXT - Núcleo de Experimentação Tridimensional da PUC-Rio


1091