Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Ambasciatore

 

Ambasciatore

Senhor Antonio BERNARDINI

Embaixador da Itália em Brasília e

Embaixador não-residente em Paramaribo

Nascido em Barletta (Bari), aos 14 de maio de 1957, graduou-se em Ciências Políticas pela Universidade de Bari em 2 de abril de 1981.

Após superar as provas do relativo concurso, é nomeado Voluntário na carreira diplomática em 1º de março de 1984. Após realizar o curso de formação profissional junto ao Instituto Diplomático entre 5 de março e 31 de dezembro de 1985, em 1º de janeiro de 1985 é nomeado Secretário de Legação. Em 2 de janeiro de 1985 é lotado no Primeiro Escritório da Divisão Geral de Emigração e Negócios Sociais e, no sucessivo 19 de março, no Quarto Escritório da mesma Divisão Geral. Em 8 de julho de 1985 passa a integrar a Secretaria da Divisão Geral de Emigração e Negócios Sociais, tornando-se Chefe da mesma em 1º de agosto do mesmo ano.

Em 1° de setembro de 1987 é Segundo Secretário em Nova Deli, sendo ali nomeado Primeiro Secretário de Legação em 1° de setembro de 1988 e vindo a ser confirmado como Primeiro Secretário na mesma Sede em 1º de janeiro 1990.

Em 1° de junho de 1990 é Primeiro Secretário Comercial na Representação permanente da Itália junto às Organizações Internacionais em Genebra, onde é nomeado Conselheiro de Legação em 1° de maio de 1994.

Passa a trabalhar junto à Divisão Geral de Negócios Econômicos em 30 de novembro de 1994. De 2 de dezembro de 1994 até 1° de dezembro de 1995 realiza com sucesso o Curso Superior de Formação Professional junto ao Instituto Diplomático. Logo em seguida, em 2 de dezembro de 1995, é lotado no Quinto Escritório da Divisão Geral de Negócios Econômicos.

Em 20 de agosto de 1997 é nomeado Conselheiro Comercial em Tóquio. É promovido Conselheiro de Embaixada em 2 de julho de 2000, sendo confirmado nas funções de Primeiro Conselheiro Comercial na mesma Sede, em 26 de outubro do mesmo ano.

É nomeado Primeiro Conselheiro na Representação permanente da Itália junto às Nações Unidas em Nova Iorque, em 20 de agosto de 2001.

Em 19 de outubro de 2005 é assistente direto do Diretor Geral para a Cooperação ao Desenvolvimento. Em 2 de janeiro de 2006 é nomeado Ministro Plenipotenciário. A partir de 23 de março de 2006 assume o cargo de Coordenador Multilateral e Emergência.

Em 21 de dezembro de 2006 é Conselheiro Diplomático do Ministro do Meio Ambiente e da Tutela do Território e do Mar, vindo a ser confirmado no mesmo cargo em 8 de maio de 2008, mesmo após a mudança do Governo central.

Em 24 de agosto de 2010, é acreditado com grau e função de Embaixador na Representação permanente da Itália junto às Nações Unidas em Nova Iorque.

A partir de setembro de 2013 é designado para o cargo de Vice Secretário Geral da Farnesina, que ocupará até junho de 2016.

A partir de 1º de julho de 2016 é Embaixador da Itália no Brasil e Embaixador não residente em Paramaribo (Suriname).


35