Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

Data:

25/11/2021


Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

Por ocasião do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres de 2021, o Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália e sua rede estrangeira aderem à campanha de conscientização "Orange the World": End Violence against Women Now!" lançada pela UN Women. Este ano, a campanha visa prevenir todas as formas de violência, ouvir as vítimas e mudar as normas sociais discriminatórias para promover a igualdade de gênero efetiva.

A pandemia de Covid-19 e as medidas subseqüentes de fechamento agravaram as vulnerabilidades pré-existentes e contribuíram significativamente para o aumento de casos de violência doméstica e abuso contra mulheres, meninas e crianças em situações de conflito armado e crise humanitária.

Diante desses números alarmantes, a Itália expressa mais uma vez sua mais firme condenação de todas as formas de discriminação e violência contra as mulheres, um fenômeno inaceitável e um sério impedimento à realização da igualdade de gênero, ao efetivo gozo dos direitos e à plena realização pessoal.

Até hoje, nenhum país do mundo pode afirmar ter alcançado a plena igualdade de gênero: toda a comunidade internacional deve, portanto, continuar a perseguir firmemente este objetivo essencial.

Os objetivos da eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres e do empoderamento das mulheres, pilares da política externa italiana e da cooperação para o desenvolvimento, estiveram no centro da Presidência italiana do G20 e estão entre as prioridades do mandato da Itália no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas e da Presidência semestral da Itália do Comitê de Ministros do Conselho da Europa, onde a Itália apóia e promove a "Convenção sobre prevenção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica" (ou "Convenção de Istambul").

Este compromisso também foi confirmado pelo papel ativo que a Itália assumiu, em resposta à crise no Afeganistão, na proteção e promoção dos direitos das mulheres, meninas e crianças afegãs, na salvaguarda de seu direito à educação, à liberdade de movimento e à plena participação na vida pública.

Com relação à organização interna dos métodos de trabalho, em 15 de outubro o Ministério Italiano das Relações Exteriores e Cooperação Internacional adotou a Circular No. 3/2021 para garantir a igualdade de oportunidades entre os sexos, conformando-se aos mais altos padrões de promoção da igualdade entre os sexos, enfatizando a necessidade de assegurar a implementação concreta, no trabalho diário, do princípio constitucional da igualdade, tanto em termos da proibição da discriminação quanto da promoção ativa da igualdade efetiva.

 


1451