Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

A Embaixada da Itália lembra o juiz Giovanni Falcone 30 anos após sua morte.

Data:

23/05/2022


A Embaixada da Itália lembra o juiz Giovanni Falcone 30 anos após sua morte.

No 30º aniversário de sua morte, a Embaixada italiana lembra a figura do magistrado Giovanni Falcone que foi morto junto com sua esposa e sua escolta pela máfia, e todas as vítimas do crime organizado.

Ele foi um servidor do Estado, cuja contribuição profissional e humana garantiu uma mudança decisiva de ritmo na luta contra o crime organizado e na elaboração de um marco legal que continua a representar uma referência mundial.

O Brasil, em particular, graças às atividades de cooperação judicial e policial entre instituições italianas e brasileiras, representou um elemento chave para o sucesso das atividades de investigação de Falcone.

Uma relação, aquela entre a Itália e o Brasil, que se consolidou ao longo dos anos, graças também aos resultados de excelência que atestam os êxitos alcançados na luta contra as atividades ilegais.


1504