Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

A exposição do fotojornalista italiano, Uliano Lucas, “Revoluções – Guiné-Bissau, Angola e Portugal (1969-1974)” chega pela primeira vez em Brasília.

abertura

O Museu Nacional da República em Brasília acolhe, de 14 de maio a 07 de julho, a exposição “Revoluções – Guiné-Bissau, Angola e Portugal (1969-1974)”, do fotógrafo italiano Uliano Lucas, pela primeira vez no Brasil, no ano em que se celebram os cinquenta anos da Revolução dos Cravos em Portugal.

A exposição que conta com a curadoria dos professores Elisa Alberani, Miguel Cardina e Vincenzo Russo, é composta por 56 fotos, algumas inéditas, outras publicadas em Itália em catálogos fotográficos na década de 1970 ou em revistas e jornais europeus da época, sobre os processos de independência de Angola e da Guiné-Bissau e sobre a celebração da liberdade em Portugal, em abril de 1974, após 48 anos de ditadura.

Ao retratar e documentar fatos e contextos políticos e sociais contemporâneos de grande relevância, as fotografias desta Mostra ligam a história recente de Portugal, Itália, Guiné-Bissau e Angola, colocando em evidência os valores da Democracia, Direitos Humanos e Cidadania.

No dia 14 de maio, às 18h00, a exposição será inaugurada no Museu Nacional da República. O evento será aberto ao público que terá a oportunidade de apreciar uma visita guiada pela mostra, acompanhado pelos própios curadores.

Nos dias 15 e 16 de maio, no auditório 2 do Museu Nacional da República, decorre o Colóquio “Retratos da Revolução”, com a participação dos curadores e de académicos brasileiros, numa realização do Instituto de Letras da Universidade de Brasília. Nesta ocasião, o público terá a oportunidade de participar de uma mesa-redonda onde serão debatidos temas como a construção da democracia, a liberdade e a importância da memória histórica. A participação é gratuita e sem a necessidade de agendamento prévio.

 

Serviço:

Exposição fotográfica

“Revoluções – Guiné-Bissau, Angola e Portugal (1969-1974)”

Período da exposição: de 14 de maio a 07 de julho

Horário de visitação: Terça-feira a Domingo, das 9h às 18h30

Local: Museu Nacional da República

Entrada franca/livre

 

Inauguração “Revoluções – Guiné-Bissau, Angola e Portugal (1969-1974)”

Dia: 14 de maio

Horário: 18h00

Local: Museu Nacional da República

Entrada franca/livre

 

Colóquio “Retratos das revoluções”

Data e horários: 15 de maio, 19h-21h; 16 de maio 16h-18h e 19h-21h

Programa completo: LINK

Local: Auditório 02, Museu Nacional da República

Participação gratuita e sem agendamento prévio.

 

Para mais informações, leia o Press Release completo.