Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

BOLSAS DE ESTUDO DO GOVERNO ITALIANO PARA ESTUDANTES ESTRANGEIROS E ITALIANOS RESIDENTES NO EXTERIOR, ANO ACADÊMICO 2017/2018

O Ministério para as Relações Exteriores e a Cooperação Internacional italiano, de acordo com a Lei 288/55 (e com suas sucessivas alterações e integrações) e por adimplência dos Acordos culturais bilaterais, dos Programas Executivos conexos, dos Acordos multilaterais, dos Acordos governamentais e das Convenções específicas para o apoio a Projetos Especiais de Internacionalização para Universidades, Centros de Pesquisa e de Formação Superior artística na Itália, disponibiliza bolsas de estudo destinadas a estudantes estrangeiros e estudantes com cidadania italiana residentes no exterior (IRE) para o Ano Acadêmico 2017-2018.

A iniciativa tem o intuito de favorecer a cooperação cultural internacional, a difusão do conhecimento da língua, da cultura e da ciência italianas e a promoção do sistema econômico e tecnológico italiano no mundo.
As bolsas de estudos são oferecidas para realizar cursos de estudo, formação e/ou de pesquisa junto a instituições italianas públicas ou legalmente reconhecidas pelo Estado italiano.

Antes de apresentar a candidatura para o requerimento da bolsa, recomendamos a leitura atenta do Edital, e de conferir as informações sobre o sistema universitário italiano por meio do link “Universitaly”, no site do Ministério da Instrução Universidade e Pesquisa (MIUR), ou na página http://www.studiare-in-italia.it/studentistranieri/.

Podem pleitear a bolsa os estudantes que queiram frequentar:
• Cursos universitários de mestrado (Laurea specialistica/Magistrale – 2° ciclo);
• Cursos de Especialização e de pós-graduação latu sensu (Master, de I e de II nível);
• Cursos de Doutorado;
• Escolas de Especialização e Residências Médicas;
• Cursos integrantes Projetos de Estudos em co-tutela;
• Cursos profissionalizantes de Formação Superior artística e musical (AFAM), “Scuola Internazionale di Liuteria” (Escola Internacional de manufatura de instrumentos de cordas) de Cremona; “Scuola di Alta Formazione e Studio (SAF)” do Istituto Superiore per la Conservazione ed il Restauro (ISCR, Instituto Superior para a Conservação e o Restauro) e “Scuola Nazionale di Cinema” (Escola Nacional de Cinema).
• Cursos de língua e cultura italiana;
• Cursos de formação e de reciclagem para docentes de língua italiana.

As candidaturas online deverão ser enviadas pela página internet. Poderão ser enviadas a partir do dia 27 de março de 2017, até a meia-noite (horário italiano!) do dia 10 de maio de 2017.

Para mais informações, visitem a página do Ministério para as Relações Exteriores e a Cooperação Internacional.