Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

A ENEL INICIOU A OPERAÇÃO DO PARQUE SOLAR LAPA NO BRASIL

A Enel, através de sua subsidiária brasileira para energias renováveis Enel Green Power Brasil Participações (EGPB), iniciou a operação do parque solar Lapa (no estado da Bahia, no nordeste do Brasil), o maior parque solar fotovoltaico atualmente em operação no Brasil. A Enel investiu aproximadamente 175 milhões de dólares na construção do parque solar, que é apoiado por contratos de fornecimento de 20 anos, que prevêem a venda de volumes específicos de energia gerada para a Câmara brasileira de Comercialização da Energia Elétrica (CCEE).

“A entrada em operação de Lapa é um marco importante para a Enel no Brasil, uma vez que é o primeiro projeto de energia solar fotovoltaica a se tornar operacional este ano, dentre os quatro projetos fotovoltaicos atualmente em construção pelo Grupo no país”, salienta Carlo Zorzoli, Country Manager da Enel no Brasil. “Conseguimos”, acrescenta, “concluir e entregar Lapa com mais de dois meses de antecedência com relação ao prazo estabelecido pelas regras do leilão público de 2015 em que o projeto nos foi concedido, confirmando nosso compromisso de contribuir para o crescimento do setor de energias renováveis no Brasil e nossa liderança no mercado fotovoltaico brasileiro. Além disso, a planta irá gerar a energia de que necessita esta região do Nordeste brasileiro, que atualmente enfrenta uma grave seca.”

Lapa está localizada em uma área com altos níveis de radiação solar e sua entrada em operação irá contribuir significativamente para atender à demanda de energia do País. O parque tem capacidade de gerar cerca de 340 GWh por ano, o suficiente para atender às necessidades anuais de consumo de energia de mais de 166 mil famílias brasileiras, evitando a emissão de cerca de 198 mil toneladas de CO2 na atmosfera.

O projeto foi concedido ao Grupo Enel em agosto de 2015 no âmbito do “Leilão de Reserva”, junto com os projetos de energia solar Horizonte (103 MW) e Nova Olinda (292 MW), que estão atualmente em construção. Durante a construção de Lapa, a Enel realizou diversas iniciativas, como cursos de capacitação de eletricistas, para beneficiar o desenvolvimento social das áreas próximas à usina, conforme a abordagem de Criação de Valor Compartilhado (CSV).

No Brasil, o Grupo Enel, por meio de suas subsidiárias EGPB e Enel Brasil, possui uma capacidade instalada total em energias renováveis de 1.464 MW, dos quais 401 MW de fonte eólica, 170 MW de energia solar e 893 MW de energia hidrelétrica, bem como outros 442 MW eólicos e 649 MW solares atualmente em execução.