Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

A Embaixada da Itália em Brasília adere à campanha #100forChildren

COMUNICADO DE IMPRENSA

A Embaixada da Itália em Brasília adere com convicção à campanha da “ECPAT Italia Onlus” contra a exploração sexual dos menores durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Estudos e estatísticas assinalam como durante os grandes eventos de relevo mundial os casos de exploração sexual e comercial dos menores aumentam de forma considerável. A este propósito a Embaixada da Itália, com a adesão à campanha, deseja enfatizar de forma clara e direta a importância de comportamentos adequados por parte de quem virá ao Brasil para assistir aos Jogos.

“Um chamamento neste sentido já foi incluído no Focus sobre Rio 2016 publicado on-line sexta-feira passada – destaca o Embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini – não apenas para informar sobre o justo rigor da normativa brasileira, mas também para responder à uma obrigação moral perante às jovens vítimas desta praxe censurável”.

”ECPAT Italia Onlus” ao lançar a campanha em seu próprio site lembra “aos turistas italianos que visitarão o Rio de Janeiro por ocasião dos Jogos Olímpicos que a Lei 269/98 e seguintes punem o crime de exploração sexual dos menores de um concidadão mesmo se cometido no exterior”.

“100” é o número de emergência a ser digitado no Brasil para denunciar atos e violências sexuais contra menores, que os cidadãos brasileiros são convidados a teclar para delatar eventuais casos e #100forChildren é a campanha de “ECPAT Italia Onlus” para informar os turistas italianos que estarão viajando para participar ou assistir às manifestações esportivas de Rio 2016.

Denunciar comportamentos suspeitos poderia salvar uma vítima em potencial e interromper um círculo vicioso perigoso e ignóbil.