Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

Mensagem do Embaixador Azzarello por ocasião da 77ª Festa da República – 2 de junho de 2023

Ambasciatore Francesco Azzarello

Em 2 de junho de 2023 comemoramos o 77º aniversário do nascimento da República Italiana.

Para o nosso País, foram setenta e sete anos de paz, garantidos pelos valores da liberdade, da justiça e da democracia. Valores, estes, que estão na base da nossa Carta Constitucional, uma referência para todos os cidadãos, um guia para aqueles que são chamados a desempenhar cargos de grande responsabilidade a favor da comunidade.

São estes os princípios que nos unem aos povos e países amigos da Europa e do mundo, com os quais partilhamos a construção de um caminho baseado no respeito pelos direitos humanos, pelo Estado de direito, a solidariedade e a fraternidade entre as nações.

Os acontecimentos atuais, porém, continuam a nos colocar perante a assustadora realidade de uma guerra, de um ataque inqualificável no coração da Europa. Continuamos a assistir a terríveis imagens de destruição e morte, incluindo de idosos, mulheres e crianças.

As comemorações do Dia da República Italiana, instituído após os longos e dolorosos anos de destruição causados ​​pelas duas Guerras mundiais, são uma oportunidade para repudiar este e quaisquer outros conflitos que, em diferentes latitudes, afligem diversas regiões do planeta, e para fortalecer a importância da confiança em valores e lutas comuns.

O Brasil assumirá a Presidência do G20 a partir de 1º de dezembro, enquanto a Itália assumirá a Presidência do G7 em 2024. A esperança é que as imensas responsabilidades e desafios que nos esperam possam agregar uma cooperação bilateral e internacional cada vez maior, num espírito construtivo de promoção genuína da paz, no respeito imperioso e indispensável do Direito Internacional.

O mundo precisa de guias e contribuições honestas e sinceras, que coloquem no centro das atenções o bem comum e o futuro dos nossos jovens, superando ideologias, egoísmos, personalismos, divisões e conflitos.

Viva a Itália, viva o Brasil, viva a irmandade dos Povos!!!