Questo sito utilizza cookies tecnici (necessari) e analitici.
Proseguendo nella navigazione accetti l'utilizzo dei cookie.

O DIA DO DESIGN ITALIANO NO MUNDO CHEGA EM BRASÍLIA

A Segunda Edição do Dia do Design Italiano no Mundo, um evento que foi fortemente desejado pelo Ministério das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional, chega a Brasília para promover a Itália e o estilo de vida italiano. O Dia do Design italiano no Mundo nasce de um trabalho em equipe que, na Itália e na rede italiana mundo afora, envolveu os principais atores públicos e privados que representam o design italiano de qualidade. O projeto envolve todas as sedes diplomáticas e consulares espalhadas pelos cinco continentes, onde os “embaixadores” da cultura italiana (designers, empresários, jornalistas, críticos, comunicadores, professores) expõem sua experiência e, junto com a experiência pessoal, narram o design italiano, uma das excelências da nossa tradição e do estilo de vida italiano, tão conhecido e apreciado no mundo. A iniciativa ressalta uma das indústrias culturais que melhor representam a criatividade e o saber-fazer italianos, e que é geradora de empregos e crescimento.

 

O design italiano permeia todas as áreas da vida: da cultura até a indústria, da ciência à filosofia, ao ponto de constituir um elemento fundador do jeito de “viver à italiana”, que é reconhecível em todo o mundo graças à originalidade dos projetos, à qualidade dos materiais utilizados, à arte gráfica das embalagens e da publicidade. Hoje, o design é uma marca de reconhecimento do Made in Italy, capaz de transmitir uma imagem inovadora do nosso País e de gerar repercussões econômicas significativas.

 

Nesta segunda edição, o foco é a relação frutuosa e a cada vez mais crucial entre o design, no sentido amplo, e a sustentabilidade, um tema de especial relevância para o Brasil. Um tema muito importante para a Embaixada da Itália em Brasília, um exemplo concreto de como o design pode se combinar com a sustentabilidade. A Embaixada – uma obra do grande engenheiro Pier Luigi Nervi – foi a primeira a merecer o título de “Embaixada verde”, porque promoveu e utilizou o uso de tecnologias ambientalmente sustentáveis para a produção de energia a e reciclagem das água residuais.

 

O Brasil também quis abraçar com entusiasmo a celebração desta data importante, através da organização de um Road Show do Design, que já foi hospedado nas Sedes do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, e Recife. Foram já realizados eventos, palestras e mesas redondas para narrar o mundo do design italiano, um design que cresceu após a Segunda Guerra Mundial, acompanhando o crescimento econômico do País. Um design que se tornou um elemento orientador para a nossa produção industrial, e conseguiu se renovar ao longo do tempo, prestando muita atenção à inovação tecnológica e da comunicação.

 

A palestra “O edifício da Embaixada da Itália em Brasília: quando o design incorpora a eficiência” apresentará o cenário de interlocução e troca cultural entre Itália e Brasil e a relevante contribuição italiana na arquitetura moderna do Brasil.

 

Esse contexto histórico de efervescência cultural, arquitetônica e urbanística brasileira foi o catalisador da construção do edifício da Embaixada da Itália em Brasília, obra do gênio da engenharia Pier Luigi Nervi. Com sua ultima obra, Nervi consolida sua principal contribuição ao movimento moderno, uma atitude rigorosa frente ao conhecimento da técnica. O processo criativo de Nervi é pautado pelo conhecimento continuo da matéria; em cada projeto ele implementou e experimentou uma original proposta estrutural. Nervi incorpora a eficiência nos seus projetos, que se concretiza na racionalidade geométrica do seu pensamento espacial. A partir deste exemplo será abordada uma concepção de sustentabilidade com base no uso eficiente da matéria prima.

 

Segunda-feira (16/04), às 18h30, na Sala Nervi da Embaixada da Itália. A palestra será em português. A entrada é franca, sujeita a lotação.