Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

News e Eventos

 

 

 

 

 

A segunda conferência para jovens cientistas latino-americanos organizada por “The Young Affiliates Network” (TYAN), seção juvenil da academia científica com sede em Trieste “The  World Academy of Sciences” (TWAS), foi realizada na Universidade de Brasília de 9 a 11 de outubro 2023 com a contribuição da Embaixada da Itália em Brasília.

 

Assista o VÍDEO 

 

  • A Embaixada da Itália em Brasília sedia a assinatura do Memorando de Entendimento entre o CONFAP e a Universidade de Turim no âmbito da iniciativa Amazonas+10

Na presença do Embaixador da Itália em Brasília, Alessandro Cortese, do Vice-Presidente do Conselho Nacional das Agências Estaduais de Financiamento à Pesquisa – CONFAP, Márcio Araújo Pereira, e do Reitor da Universidade de Turim, Stefano Geuna, foi assinado hoje, na Embaixada, o Memorando de Entendimento para Cooperação que permitirá aos pesquisadores de Turim participarem da iniciativa Amazonas+10, que promove a pesquisa conjunta na Amazônia brasileira.

Os pesquisadores da Universidade de Turim poderão participar, juntamente com seus colegas brasileiros, de expedições científicas destinadas a investigar não apenas a extraordinária biodiversidade do bioma amazônico, mas também as comunidades que vivem lá e suas complexas inter-relações com a modernidade.

“Esse importante acordo reforça a já intensa colaboração entre a Itália e o Brasil num setor em que temos muito que trabalhar juntos”, enfatizou o Embaixador Cortese, acrescentando que “a Universidade de Turim é uma das primeiras instituições acadêmicas e científicas internacionais que abraçou a disponibilidade das fundações de pesquisa dos estados brasileiros de participar dessa importante convocação internacional sobre a Amazônia, o bioma com a maior biodiversidade que, sozinho, abriga metade de todas as espécies animais e vegetais do planeta”.

 

  • Fórum Nacional do CONSECTI & CONFAP – São Luís, 14 de junho de 2023

O evento reuniu os presidentes e representantes das 27 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), Secretários de Estado de Ciência e Tecnologia e representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), agências federais e internacionais de fomento à CT&I e embaixadas, para promover a cooperação internacional e o debate sobre temas prioritários da política de ciência e tecnologia no Brasil.

O Adido Científico da Embaixada da Itália em Brasília, Dr. Fabio Naro, participou do evento com uma apresentação sobre a cooperação CONFAP-ITALIA.

Para ver a apresentação, clique aqui

Para acessar a programação, clique aqui

 

  • Apresentação do Centro Nacional de Biodiversidade, Castelporziano, 22 de maio de 2023.

O Centro Nacional do Futuro da Biodiversidade é o primeiro centro de pesquisa italiano dedicado à biodiversidade, coordenado pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNR). Foi inaugurado em 22 de maio de 2023, no Dia Mundial da Biodiversidade, na propriedade presidencial de Castelporziano, em Roma.

A Embaixada da Itália em Brasília participou do evento produzindo um VÍDEO (1h26)

 

Iniciativa global criada para conscientizar o público em todo o mundo sobre a importância da luz e o papel fundamental que ela desempenha na ciência, cultura e arte, educação e desenvolvimento sustentável. Um podcast especial para discutir luz e sustentabilidade com especialistas do Brasil e da Itália que discutem questões relacionadas à luz, com atenção cada vez maior às novas tecnologias, meio ambiente e bem-estar social.

 

 

 

 

  • Evento “O setor biomédico: oportunidades de colaboração entre Itália e Brasil” – 14 de fevereiro de 2023

Com o objetivo de fortalecer a colaboração entre a Itália e o Brasil no setor da biotecnologia médica para a regeneração de tecidos, foi realizado ontem à tarde em Brasília o evento “O setor biomédico: oportunidades de colaboração entre a Itália e o Brasil” na presença de mais de 100 autoridades e empresas locais.

Organizado com o apoio da Embaixada da Itália pela histórica Associação dos Comerciantes do Distrito Federal e do Pólo Tecnológico do Piemonte, o evento representou um dos seguimentos mais relevantes do Protocolo de Cooperação mais amplo assinado em fevereiro passado entre a Região do Piemonte e o Distrito Federal.

Segundo o Embaixador italiano Francesco Azzarello, a colaboração estabelecida entre o Distrito Federal e o Pólo Tecnológico Piemontês, representado na ocasião pelo Sr. Antonio Graziano, presidente da HBW, “constitui um modelo de colaboração entre entidades públicas e privadas que favorece o potencial dos parques tecnológicos italianos como atores na internacionalização das empresas biomédicas italianas no Brasil, um dos mais dinâmicos, inovadores e ricos em setores potenciais de todo o sistema de produção industrial italiano”.

 

Matéria A União – “A inovação tecnológica faz parte da história das cidades”

 

Por ocasião do Dia Nacional do Espaço, a Embaixada da Itália em Brasília está organizando um evento científico sobre a colaboração espacial entre a Itália e o Brasil intitulado: ‘Desenvolvimento da parceria entre a Itália e o Brasil no setor espacial: análise de imagens de satélite, teoria e prática’. Pesquisadores italianos e brasileiros discutirão as últimas tecnologias em análise de imagem de satélite para promover o intercâmbio entre os dois países neste setor crucial da exploração espacial. O evento será realizado no dia 15 de dezembro de 2022 às 10h00 em modo virtual nos dois idiomas (italiano, português) com tradução simultânea (link do evento https://www.youtube.com/@italyinbrazil). O Dia Nacional do Espaço comemora o lançamento do primeiro satélite italiano (San Marco 1) em 1964, um evento graças ao qual a Itália esteve entre os primeiros países do mundo a ir além da atmosfera da Terra.

Programa

 

Programma

 

 

 

Brasilia, 24 febbraio 2022. Il Polo Tecnologico Piemontese e l’Associazione Commerciale del Distretto Federale di Brasilia hanno firmato oggi, in videoconferenza con la sede dell’Ambasciata d’Italia a Brasilia, un Protocollo di cooperazione per lo sviluppo delle relazioni commerciali, industriali, culturali, di servizio e di scambio tecnologico tra la Regione Piemonte ed il Distretto Federale. Si tratta del primo accordo di cooperazione tecnologica che il Distretto Federale firma con una Regione italiana.

In occasione della firma l’Ambasciatore Francesco Azzarello, l’Assessore alle Attività Produttive della regione Piemonte, Andrea Tronzano, ed il presidente di HBW, Antonio Graziano, hanno discusso con il Presidente dell’Associazione Commerciale del Distretto Federale, Fernando Pedro de Brites, la Deputata distrettuale, Julia Lucy Marques Araújo, e la Presidente del Consiglio delle Donne Imprenditrici del Distretto Federale, Ivonice Campos, le prospettive di collaborazione in materia di imprese biomedicali di alta tecnologia in una delle aree economicamente più attive del Brasile.

Il Polo Tecnologico Piemontese è un centro di aziende innovative che ospita imprese tecnologiche d’avanguardia ed istituti di ricerca dedicati alla medicina, con capofila il Gruppo HBW, dal 2013 azienda leader nel campo delle biotecnologie mediche per la rigenerazione tissutale.

 

Brasília, 19 de novembro. O Embaixador da Itália em Brasília, Francesco Azzarello, e o Presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – CONFAP, Odir Antônio Dellagostin, assinaram hoje na Embaixada o primeiro Programa Executivo de Cooperação Científica e Tecnológica entre a República Italiana e a República Federativa do Brasil. Nove projetos de pesquisa co-financiados pelo Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional italiano e pelas Agências de vários estados brasileiros serão realizados em conjunto por pesquisadores italianos e brasileiros nas áreas de inteligência artificial, ciências básicas, doenças transmissíveis, geração de energia a partir de fontes renováveis, nutrição e doenças metabólicas, agricultura de precisão, ciências espaciais, produção sustentável e uso de minerais estratégicos. “Este importante acordo fortalece ainda mais a já intensa colaboração entre os dois países no setor científico”, destacou o Embaixador Azzarello, acrescentando que “ainda temos muito que trabalhar juntos, e o faremos graças à nossa vontade comum de fortalecer a cooperação, enquanto exploramos as novas fronteiras da ciência. Agradeço ao nosso Adido Científico Prof. Naro pelo trabalho incansável que vem realizando”.

 

O Embaixador Francesco Azzarello, junto a Josué Gomes da Silva, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e Graziano Messana, Presidente Italcam, inaugurarão o encontro “Research to Business Brazil-Italy”, no dia 4 de novembro, às 09h00.

Organizado pela Embaixada da Itália e o Consulado Geral em São Paulo em parceria com a FIESP, o encontro visa estimular a interação entre o mundo da pesquisa e empresas inovadoras nos dois países.

As discussões têm como inspiração o Programa Executivo de Cooperação Científica e Tecnológica entre Brasil e Itália, assinado entre Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália.

Serão apresentados três projetos em realização, dentre aqueles cofinanciados no âmbito do Programa, nas áreas de inteligência artificial (Universidade de Bologna e Universidade Federal de Santa Catarina), doenças transmissíveis e produção de vacinas (Instituto Nacional do Câncer Regina Elena de Roma e Universidade Federal de Pernambuco), e agricultura de precisão (Universidade di Trento e Universidade Federal do Mato Grosso do Sul). O encontro será fechado pelo Cônsul-Geral Domenico Fornara.

04 nov 22, das 08h30 às 12h00

Para maiores informações e a programação do evento: https://www.fiesp.com.br/agenda/encontro-research-to-business-brazil-italy/

Direta no YouTube: https://youtu.be/GfLuL4mv2BM 

 

  • Dia nacional do espaço (14 de dezembro de 2021).

Por ocasião do primeiro Dia Nacional do Espaço, a Embaixada da Itália em Brasília organiza um evento científico sobre a colaboração espacial entre Itália e Brasil como parte do primeiro protocolo executivo da Cooperação Científica e Tecnológica entre os dois países, assinado no dia 19 de novembro de 2021.

Durante o evento virtual que será realizado no dia 17 de dezembro, às 10h de Brasília, o Dr. Cristian Vendittozzi da Universidade de Brasília (UnB) e o Dr. Ignazio Dimino do Centro Italiano de Pesquisas Aeroespaciais (CIRA) vão debater o tema do desenvolvimento de tecnologias inovadoras no setor de satélites.

O Dia Nacional do Espaço é celebrado no dia 16 de dezembro para comemorar o lançamento do primeiro satélite italiano, o “San Marco 1”, ocorrido em 1964, que fez com que a Itália estivesse entre os primeiros países do mundo a superar a atmosfera terrestre.

 

  • Workshop R2B Italia-Brasile “Idrogeno e tecnologie correlate” (22 settembre 2021).

O Embaixador Francesco Azzarello abriu o simpósio Itália-Brasil da Conferência Mundial sobre Produção de Hidrogênio, organizada pelo CNR-ITAE e ITM. Do lado brasileiro, participaram, entre outros, o Prof. Paulo Emílio Valadão de Miranda, Presidente da Associação Brasileira de Hidrogênio e o Dr. Giovani Vitória Machado, diretor da Sociedade de Pesquisa Energética. Foi dedicada especial atenção, em conjunto com as empresas setoriais dos dois países, às oportunidades oferecidas em termos de emprego pelas tecnologias do hidrogênio. O simpósio faz parte do Festival de Desenvolvimento Sustentável, em colaboração com o Ministério italiano das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional, no qual são abordados temas comuns à conferência pré-COP26 das Nações Unidas organizada pela Itália em Milão (30 de setembro a 2 de outubro) sobre o clima. mudança e a transição para o desenvolvimento sustentável.

Para assistir ao simpósio na íntegra, acesse o seguinte link: https://www.youtube.com/watch?v=rnX4qzpmxzA

 

 

  • Primeiro censo de pesquisadores científicos italianos no Brasil  (15 de abril de 2021).

Brasília, 15 de abril de 2021. Por ocasião do Dia da Pesquisa Italiana no Mundo, foram apresentados os primeiros dados do censo de pesquisadores no Brasil, realizado pela Embaixada da Itália junto à Associação de Pesquisadores Italianos no Brasil – ARIB.

O Embaixador Francesco Azzarello e o Representante do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Prof. Vincenzo Maria Lauriola, destacaram a importância da colaboração científica bilateral muito ativa e a oportunidade de consolidá-la e diversificá-la ainda mais.

O Prof. Marco Ianniruberto da Universidade de Brasília, delegado da ARIB, forneceu os primeiros dados do censo. No banco de dados recém-criado, já existem 577 pesquisadores nascidos na Itália (75% homens e 25% mulheres). Pelo número de pesquisadores, a Itália está em segundo lugar entre os parceiros europeus do Brasil e sexto do mundo. Os estados em que mais estão presentes são São Paulo (39%), Rio de Janeiro (16%), Minas Gerais (6%), Bahia e Rio Grande do Sul (5%). A maioria deles trabalha no campo das ciências exatas e da terra (27%) e das ciências humanas e sociais (23%). 78% deles possuem o título de PhD e, comparativamente aos colegas cadastrados no site Lattes, o banco de dados brasileiro, representam 1,6%. De particular interesse é o número de pesquisadores brasileiros que estudaram na Itália, sobretudo aqueles que fizeram o doutorado em uma instituição acadêmica italiana, totalizando 5.055, 1,5% do total dos pesquisados pelo Lattes. A pesquisa será progressivamente refinada para incluir cidadãos italianos nascidos no Brasil e posteriormente ítalo-brasileiros.

  • Primeiro seminário sobre a colaboração científica Itália-Brasil na luta contra COVID-19 (1 de abril de 2021).

Brasília, 1º de abril de 2021. O primeiro seminário sobre a colaboração científica entre Itália e Brasil na luta contra a COVID-19 foi encerrado com satisfação geral. O Embaixador da Itália Francesco Azzarello e a Diretora de pesquisa do Ministério da Saúde do Brasil Camile Sachetti destacaram a oportunidade de estreitar as relações científicas bilaterais sobre as doenças virais, graças à experiência brasileira sobre vírus emergentes na Itália e à excelência biomédica italiana. O Conselheiro do Ministro da Pesquisa e da Universidade Eugenio Gaudio e o Presidente do Instituto Superior de Saúde Silvio Brusaferro, destacaram que o Brasil é o quarto parceiro acadêmico da Itália e que é necessário começar desde já a planejar o futuro de seus respectivos sistemas de saúde à luz da pandemia em curso.

O debate com sete intervenções de cientistas e especialistas que trabalham no Brasil, Itália e Austrália, revelou que pesquisadores italianos e brasileiros estão tentando entender se há predisposição genética para a COVID-19 devido à deficiência de alfa1-antitripsina, as causas do preocupante aumento da mortalidade dos jovens brasileiros pela COVID 19 e o impacto das novas variantes sobre a epidemia. Foi discutido o tema das vacinas e como os primeiros resultados mostram, também na Itália, seu efeito positivo tanto em indivíduos quanto em grupos populacionais vacinados. Foi então abordado o compromisso da Itália e do Brasil na busca pela autonomia produtiva dos imunizantes anti-COVID-19. O Brasil está trabalhando em dois produtos, enquanto a Itália, que já está envolvida em uma conhecida vacina internacional, está completando a fase experimental de outra que poderia começar a produção no último trimestre de 2021.

O moderador do seminário foi o Conselheiro Científico da Embaixada da Itália Prof. Fabio Naro.

A gravação do evento está disponível no canal Facebook da Embaixada (https://fb.watch/4Bzni0JA8i/)

PORTALE INNOVITALIA 3.0: UNA PIATTAFORMA PER LA CONDIVISIONE DI INFORMAZIONI PER GLI ATTORI DELLA RICERCA ITALIANA NEL MONDO

La Direzione Generale per la promozione del Sistema Paese ha dato recentemente impulso allo sviluppo di una rete delle reti dei ricercatori italiani all’estero, aperta alle industrie, università, enti di ricerca e istituzioni italiane attive nello scenario della ricerca internazionale. Allo scopo è stato firmato un Protocollo d’intesa tra MAECI e MIUR, che ha portato alla nascita del portale “Innovitalia 3.0”, una piattaforma condivisa tra i due dicasteri che punta a favorire i contatti, la condivisione di informazioni e la creazione di opportunità per gli attori della ricerca e dell’innovazione italiana nel mondo (www.innovitalia.net). Innovitalia si avvale del supporto della rete di Ambasciate, Consolati e Istituti Italiani di Cultura in 32 Paesi esteri.

Gli utenti che si registrano al portale:

– Entrano in diretto contatto con la diplomazia scientifica italiana;

– Ricevono una newsletter periodica con le notizie più importanti pubblicate dal portale;

– Ricevono costanti informazioni sugli strumenti attivati dal governo italiano per sostenere la cooperazione scientifica e tecnologica internazionale (bandi, incarichi, premi, etc.);

– Possono cercare e contattare ricercatori e imprese innovative operanti in Italia e all’estero nei settori di interesse;

– Possono condividere notizie, opportunità ed eventi;

– Possono figurare nell’“Annuario dei ricercatori italiani all’estero”.

Chi può registrarsi:

– i ricercatori italiani con esperienza all’estero superiore ai 12 mesi;

– i ricercatori stranieri con esperienza in Italia superiore ai 12 mesi;

– le associazioni di ricercatori italiani all’estero;

– le imprese, le startup e le associazioni di imprese;

– gli enti di ricerca, le università e gli istituti di alta formazione;

– le organizzazioni e le istituzioni pubbliche.

Tra le realtà imprenditoriali che sono già entrate nell’iniziativa, Enel, Intesa San Paolo e Unioncamere, in corso di perfezionamento la registrazione di Confindustria.

Per registrarsi: http://www.innovitalia.net/registrati/